top of page
  • Foto do escritorPatrícia Candoso

Sim já sei... estou muito magra!

Atualizado: 25 de fev. de 2020



"Eu também não te digo que estás gorda, pois não?" Não consigo perceber qual é a fronteira, para a falta de respeito ou excesso de confiança que se tem, para toda e qualquer pessoa achar que pode comentar a magreza de alguém. É porque acham que quando somos magros não nos importamos com isso? Já em relação aos gordos ou mais volumosos há outro cuidado, porque podem ficar ofendidos, e isso mexe imenso com a sua auto-estima, se alguém lhes chamar a atenção de que estão mais gordinhos. Há pessoas magras que são magras por natureza, é genético, têm um metabolismo mais acelerado. Há outras que até o respirar as "engorda". Cada um com os seus problemas!


Claro que para os nossos pais estamos sempre magrinhos, eu própria sempre que vou à pediatra pergunto vezes sem conta se o peso da Maria Clara está bem, se ela não está magra... Mas tenho de aceitar que uma pessoa estranha, com a qual nem tenho convivência faça comentários como: "estás tão magra Patrícia!" isto num registo de voz em tom de pena... Por amor de Deus, há que ter o mínimo de educação.


Sou magra sempre fui, não me lembro (a não ser durante a gravidez) em toda a minha vida, de ter visto a balança acima dos 54kg. Antes mesmo de engravidar estava com 51kg. Claro que o registo de peso em que me sinto mais confortável comigo mesma, em que as minhas próprias roupas me vestem melhor são os 52,5kg. Pois bem neste momento estou com 50,8kg e confesso que há uns largos meses, depois de deixar de amamentar baixei para os 49kg. Bom, garanto-vos que como e não me coíbo de comer o que quer que seja, claro que tento ter sempre uma alimentação mais saudável, mas não faço dietas nem nada que se pareça.


De facto sei que tenho um metabolismo muito acelerado e se por acaso salto uma refeição, isso já faz diferença. O cansaço e o stress, no meu caso, também "ajudam à festa" e fazem-me emagrecer. Compreendo a frustração de algumas mães que olham para mim (passadas duas semanas da Maria Clara nascer já estava com 54 kg) e possam invejar o meu peso e pensar que nunca conseguiram recuperar de uma gravidez... que se esforçam e parece que nada dá resultado. Mas não são as únicas a sentirem-se frustradas... cada mãe tem o seu tempo, o seu ritmo, os seus problemas. O importante é conseguirmos ter auto-estima com o peso e imagem que temos. Não é a "agredir" os outros que a nossa auto-estima vai aumentar...


E por favor, se não é educado chamar gorda a ninguém, chamar magra também não é. Principalmente, quando é feito num tom de pena, como se a pessoa estivesse anémica, ou a adivinhar uma doença devido à "extrema magreza".



87.367 visualizações6 comentários

Posts recentes

Ver tudo

6 comentarii


P VF
P VF
04 aug. 2020
Apreciază

Rita Serrano
Rita Serrano
02 mar. 2020

Eu como pessoa roliça que toda a vida fui, costumo ouvir o comentário contrário... "estás mais gordinha agora"... e sim tenho "inveja" das pessoas magras, com metabolismos acelerados, com a perna fina e de peito pequeno! Acho sempre que qualquer trapinho lhes cai bem. Isto a falar da magreza saudável... e é ai que se focam as pessoas quando fazem os comentários "estás tão magrinha!" É na parte do saudável.. na parte do "podes parar com a dieta que estás a fazer" (porque nós roliças acreditamos que a maioria das pessoas magras, só o são porque fazem dieta e se matam no ginásio) ou mesmo com a parte "vai ao médico ver os que se passa, porque podes estar doente"…

Apreciază

Marlene Amaral
Marlene Amaral
01 mar. 2020

Acho que nunca me identifiquei tanto com um post como este. Toda a minha vida fui e sou magra, e apesar de apenas ter 23 anos e não ser mãe, o meu peso ronda sempre os 49kg\50kg, máximo que consegui foram 53kg e para lá chegar foi exaustivo, tinha de fazer religiosamente 6 refeições por dia. Depois deste esforço imenso passado dois meses bastou-me saltar um almoço aqui, um jantar ali e perdi 4kg numa semana. É cansativo ter de ouvir repetidamente as mesmas observações muitas vezes de pessoas que não pertencem ao meu circulo social de amigos.

Apreciază

Carla Sofia Tabarra
Carla Sofia Tabarra
28 feb. 2020

Revejo-me perfeitamente neste post. Mas encontrei uma solução, pelo menos comigo funciona perfeitamente, por muito que coma, a única maneira que eu tenho de engordar é frequentar um ginásio assiduamente 3x por semana.

Acreditem ou não estando no ginásio em 1 mês engordo significativamente, treino essencialmente para aumentar a massa muscular, tonificar, não faço cardio, apenas maquinas e peso livre. Experimentem!!

Apreciază

Catia Moreira
Catia Moreira
27 feb. 2020

Revejo me neste post. Eu não consigo passar dos 44kg 30 anos e de maneira nenhuma consigo engordar Nutricionista já não sabe que fazer para me por na alimentação

Apreciază
bottom of page