• Mãe Convidada

"São dois..." E agora?



Como prometido de 15 em 15 dias cedo este cantinho a outra Mãe! Desta vez a autora é Carina Ferreira que, de repente vê a família crescer de 3 para 5... Muitas pessoas pensam e dizem: Tão giro vai ter gémeos! Mas a grávida de gémeos vive medos e um período de aceitação, certamente diferente de outras grávidas.


Palavra de Mãe, por Carina Ferreira


“São dois.” Às cinco semanas de gravidez. A frase que me congelou e ficou no pensamento dias e dias, difícil de digerir. Já chorei muito. Confesso. Foi assim que senti. Foi assim que reagi. Estava sozinha. Liguei ao (meu) Mário ainda nas escadas do Hospital. “Se foi connosco é porque somos capazes” - disse Ele.

A Constança (4 anos) dizia há muito que queria dois manos. Será que os santinhos atenderam o desejo dela?

Talvez todas as grandes aventuras comecem com esta questão: “será que vou ser capaz?”. Assim fui aconchegando o coração e arrumando os milhares de pensamentos desorganizados e confusos. Acho que nunca senti tanto medo. Talvez esta fosse a mudança que precisávamos. A coragem é a escada por onde sobem as outras virtudes. Mais do que nunca, hoje sei que não somos nós que temos planos para a vida. É a vida quem tem planos para nós.

A maior benção. Dois seres que crescem dentro de mim e vão partilhar tudo... já partilham este t0 que se transformou em t2, por eles...Deus quis que assim fosse. O medo persiste. As coisas mais importantes que fiz na vida, fiz com medo. Mas fiz.

Vou aprender a descomplicar, certamente. Tenho muita fé no que está por vir. Tantas as reações de quem nos rodeia. Aprendemos desde já a filtrar o que não acrescenta. Mas há pessoas com um coração tão maravilhoso, tão verdadeiro, que as suas palavras me abraçaram. Brilhavam-lhes os olhos a par comigo. Percebemos que, talvez, ser Mãe e Pai de gémeos é um superpoder que tínhamos reservado para Nós. Hoje agradeço todos os dias a Deus por mais um dia. Quero-os bem, com saúde. O que qualquer mãe deseja para os seus filhos. Quero-os muito. O meu Salvador e o meu Sebastião.

Deus só manda dois para quem tem um abraço onde cabem muitos. Tudo se multiplica... e o Amor? Ah, o Amor? esse triplicou.  Agora, três e dois já são cinco. Sentir estes dois a crescer dentro de mim, faz-me sorrir e querer muito que sejam os meninos da Mamã.

7,009 visualizações

visitantes

Fica a par de todas as novidades

© 2017 Quero a minha mãe. Proudly created with Wix.com