visitantes

Fica a par de todas as novidades

© 2017 Quero a minha mãe. Proudly created with Wix.com

Sei que há mães como eu!

November 4, 2018

 

 

Sou uma mãe imperfeita mas consciente de que as escolhas que faço são a pensar no melhor para a minha filha. Mas há aquelas mães perfeitas, fundamentalistas que não perdem uma oportunidade de criticar as escolhas das mães imperfeitas. Pensei sobre isto ontem no mercado, quando comprava feijão-verde para a sopa da Clarinha.

 

Devem estar a perguntar-se o que tem a ver o assunto com o feijão-verde...?! Já vos conto!

 

Aqui em casa optámos (com aconselhamento pediátrico) iniciar a introdução dos alimentos sólidos uns dias antes da Clarinha fazer os 5 meses. Quando partilhei essa opção aqui no blog não imaginava que iria receber tantas críticas! As mães perfeitas que defendem dar de mamar até a criança ter 3, 4 ou 5 anos (nada contra só que para mim isso nunca foi opção) caíram-me em cima com mensagens.

 

Eu sei, porque leio e também me informo, que o ideal será dar leite materno em exclusivo até aos 6 meses mas, também sei que tudo isso depende do desenvolvimento do bebé e da necessidade dos pais, que precisam regressar ao trabalho, em ter um bebé mais independente. 

 

Por aqui tudo correu bem só custou a primeira semana de adaptação. A Maria Clara adora comida de colher! E eu tento ao máximo variar na alimentação dela e optar por alimentos saudáveis e biológicos, apesar de ser uma mãe imperfeita e nada boa cozinheira...

 

Há dias partilhei que, de vez em quando, dou papas de embalagem à Maria Clara. Lá vieram as críticas... peço desculpa não ter tanta disponibilidade e paciência para fazer papas caseiras todos os dias! Tenho cuidado com as escolhas que faço e mesmo que seja iogurte ou papa de supermercado ou farmácia analiso os produtos e tento escolher os que considero melhores. E depois vejo se ela também gosta!

 

Bom, mas voltando ao feijão-verde, eu detesto feijão-verde mesmo! É um alimento que não consigo comer, nem passado na sopa. E acreditem que já me tentaram enganar, mas não suporto mesmo aquele sabor. No entanto, considero que a minha filha deve provar, por isso ontem no mercado comprei para pôr na sopa. Quero que ela no futuro saiba dizer sim ou não com conhecimento, e não simplesmente dizer que não gosta porque nunca provou.

 

Por aqui as preferências da Maria Clara já estão a ficar bem definidas. Nas frutas adora manga, banana, com os quatro dentinhos gosta de roer pedaços de pêra mais rija, gosta de papaia e dióspiros. Já provou melancia, melão, meloa, uva, maçã, abacate... a meloa e a anôna foram as únicas frutas que não mostrou grande interesse. As carnes preferidas são frango, perú e borrego. Não gosta lá muito de vitela. Legumes gosta de quase tudo, às vezes faz cara feia apenas com os brócolos.

 

Próximas descobertas alimentares:

 

- tamboril (já comeu pescada)

 

- ovo

 

-marmelo 

 

Um beijinho para todas as mães, as perfeitas e as imperfeitas! E atenção não quero que pensem que não gosto de receber as vossas mensagens, opiniões, perguntas... claro que sim! Até porque se tenho este blog é mesmo para trocar ideias e experiências convosco. Mas há críticas que devem ficar no pensamento, porque cada mãe é livre de escolher e educar os seus filhos como acredita ser o melhor.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Autora de Quero a Minha Mãe, um blog dedicado ao universo complexo das mãe. 

FEATURED POSTS

Please reload