© 2017 Quero a minha mãe. Proudly created with Wix.com

Fica a par de todas as novidades

visitantes

Regresso ao trabalho

June 10, 2018

 

 

A licença de maternidade terminou e agora há que regressar ao trabalho. Se por um lado há aquele sentimento bom de regresso, de desafios novos, objectivos, por outro lado como se lida com um corte abrupto na nossa relação com o bebé?

 

No meu caso, tenho muita sorte em poder gerir os meus horários, em poder contar com a flexibilidade do pai, dos avós, das tias... Mas mesmo assim custa-me estar ausente, nem que sejam duas horas, é um sentimento de abandono com o qual temos de lidar gradualmente. Mas há quem não tenha essa sorte e o regresso ao trabalho pode tornar-se num inferno. Não deveria ser assim, a sociedade está formatada para sermos profissionais, competitivos... não está pensada de uma forma harmoniosa em que a família tenha uma importância fundamental. Ainda há muito a fazer para mudar mentalidades e condições de trabalho relativamente à mulher que quer ser mãe, para que tenha as mesmas oportunidades de trabalho e progressão na carreira que os homens.

 

São 4 meses totalmente dedicados ao bebé, sim porque eles precisam de nós 24 horas por dia, temos que estar disponíveis para eles, mesmo quando já começam a ter algumas rotinas e horários certos... eles são imprevisíveis! E o estarmos em casa com eles não é o mesmo que estar de férias, como muitas pessoas pensam! Actualmente o meu dia é assim: por volta das 7h/7h30 a Maria Clara acorda, mudo-lhe a fralda e mama. Por vezes (com muita sorte) ainda dorme mais uma horita. Depois fica um pouco na cadeira de baloiço entretida com os brinquedos enquanto eu trato rapidamente de mim e tomo o pequeno-almoço. Nisto já são 10h30 e ela já quer comer outra vez! Agora os sonos dela durante o dia são muito poucos e curtos por isso exige muito mais a minha atenção. E claro, já nem falo que também há dois gatos para dar atenção, comida... e toda a lida da casa... Ela come de 3 em 3 horas durante o dia, por volta das 19h toma banho volta a mamar e aí já faz um soninho maior, por vezes até as 23h00 ou meia-noite. Depois mama outra vez e dorme até as 7h... E de nada me queixo, como diz a pediatra, ela é um anjinho!

 

Neste momento estou de regresso ao teatro com a minha produtora Produções Fora de Cena, voltei às peças de teatro que já tinha estreado e ainda representei durante a gravidez, o espetáculo "Quero Ir Prá Ilha" e a comédia "Uma Empregada dos Diabos". Estou de regresso também com o espetáculo infantil "Bela e o Monstro" da Yellow Star Company. Regressei também às dobragens de animação e séries... e gradualmente vou preenchendo o meu dia-a-dia sem muita pressão e stress. 

 

Por isso, por enquanto a Maria Clara vai ficar em casa e vou gerindo os horários consoante as disponibilidades da família. Não vejo para já necessidade de coloca-la numa creche ou ama. 

 

Recebo muitas mensagens de outras mães que partilham comigo as suas dúvidas e angústias e o regresso ao trabalho tem sido aquele assunto mais temido. Mas nós mães somos super mulheres e aguentamos tudo! Temos que aproveitar ao máximo sempre que estamos com os nossos bebés e confiar nos nossos instintos.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Autora de Quero a Minha Mãe, um blog dedicado ao universo complexo das mãe. 

FEATURED POSTS

November 4, 2019

September 16, 2019

Please reload

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon